Por tabata.uchoa

Itália - As ações de busca para encontrar os corpos ainda desaparecidos no naufrágio na Ilha de Lampedusa, no Sul da Itália, estão suspensas por hoje devido às condições do mar.

Na última quinta-feira, uma embarcação proveniente da Líbia, que transportava 450 a 500 imigrantes clandestinos da Somália e da Eritreia, naufragou, e o número de mortos poderá passar de 300. Somente 155 pessoas foram salvas e foram recuperados, até agora, 111 corpos.

De acordo com a polícia local, a busca foi suspensa por causa do mar agitado e do vento forte. As autoridades italianas, no entanto, ressaltaram que estão dispostas a recuperar todos os corpos.

Os destroços da embarcação foram localizados e as primeiras aproximações revelaram cenas chocantes. Seguno mergulhadores, dezenas de corpos estão empilhados uns sobre os outros. O número de desaparecidos, no entanto, pode passar de centenas.

Diversos países europeus estão ajudando no reforço às operações de vigilância ao redor da ilha contra a imigração ilegal. A Força Aérea Portuguesa enviou uma aeronave C-295M, que seguiu hoje para o Sul de Itália a pedido da agência da União Europeia que cuida da cooperação da vigilância de fronteiras.

Você pode gostar