Por joyce.caetano

Bagdá - Bombas explodiram em diferentes pontos da capital iraquiana, Bagdá, nesta segunda-feira, matando pelo menos 38 pessoas, informou a polícia.

Oito das 10 explosões ocorreram em bairros de maioria xiita, mas também houve explosão em uma área mista e outra no bairro predominantemente sunita de Doura.

No ataque mais violento, um carro-bomba estacionado explodiu em uma rua comercial em Husseiniya, matando cinco pessoas, informou a polícia. Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelos ataques.

Insurgentes sunitas, incluindo a Al Qaeda, têm recuperado força este ano em uma campanha para desestabilizar o governo xiita do Iraque e fomentar conflitos étnicos.

Mais de 6.000 pessoas foram mortas em todo o país este ano, de acordo com o grupo de monitoramento Iraq Body Count, revertendo um declínio na violência sectária que atingiu seu clímax em 2006 e 2007.

A guerra civil na vizinha Síria aumentou a pressão sobre o delicado equilíbrio sectário no Iraque, que já enfrentava instabilidade devido a rixas políticas entre sunitas, xiitas e curdos.

(Reportagem de Kareem Raheem)

Você pode gostar