Por julia.amin

Grã-Bretanha - Uma mulher foi condenada a um ano e meio de prisão por roubar 905 bolsas de luxo em um período de três anos. Os artigos representam uma quantia estimada de R$ 470 mil.

Jayne Rand, 48 anos, roubava vblsas em lojas de todo a Grã-Bretanha. A mulher foi pega em flagrante em um estabelecimento em Cwmbram , no País de Gales. Nesse dia, ela tentou furtar bolsas das marcas Mulberry, Prada, Gucci, Louis Vuitton, Dior e Burberry.

Rand vendia os artigos roubados no site eBay. Segundo a polícia, ela gerou uma renda de cerca de R$ 300 mil com a venda. O prejuízo das lojas, no entanto, foi o dobro.

O juiz Rhys Rowlands considerou que a britânica havia "criado um negócio" com o roubo das bolsas. As ações "premeditadas, calculadas e persistentes" eram desconhecidas até mesmo pelo marido da acusada.

"Seu método mais comum era entrar na loja sem uma bolsa, pegar uma do mostruário e caminhar com ela por um tempo em seu ombro, e depois simplesmente sair da loja. Às vezes era preciso retirar a etiqueta de segurança, mas geralmente ela nem precisava fazer isso", contou o promotor David Wooler.

Você pode gostar