Por joyce.caetano

Cuba - O governo de Cuba anunciou nesta terça-feira que está começando a abandonar seu sistema de dualidade monetária, mas não revelou detalhes sobre o ritmo ou a escala da mudança.

O presidente Raúl Castro disse esse ano que o governo comunista deve eliminar o sistema, no qual o vital setor do turismo usa uma moeda fixada a uma taxa quase equivalente ao dólar, o peso conversível (CUC), e os cubanos usam pesos que valem cerca de US$ 0,05 cada, que não podem ser diretamente convertidos em moedas estrangeiras, o peso cubano (CUP).

O sistema foi construído dessa forma para isolar e proteger o governo comunista de Cuba. Mas como muitos bens subsidiados só podem ser comprados com o peso conversível, o sistema acabou criando uma classe de cubanos mais prósperos - aqueles que possuem acesso à moeda turística.

O jornal estatal de Cuba Granma disse que o governo vai estabelecer a medida em etapas.

Você pode gostar