Por tamyres.matos

Itália - Uma comissão do Senado italiano adiou nesta terça-feira uma decisão sobre se o voto no processo de cassação do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi deve ser secreto, o que mantém o suspense sobre o momento em que o destino político dele será selado.

Berlusconi, de 77 anos, força política dominante na política italiana há duas décadas, pode perder sua vaga parlamentar por causa de uma condenação judicial por fraude tributária.

A reunião desta terça-feira, que definiria as normas regimentais da votação, foi adiada para quarta-feira porque o plenário do Senado precisava votar medidas relativas a cortes nos gastos públicos.

A bancada centro-direitista ligada a Berlusconi vem tentando adiar ou obstruir o processo de cassação desde que ele foi condenado em última instância, em agosto.

Você pode gostar