Por julia.amin

Johanesburgo (África do Sul) - O atleta sul-africano Oscar Pistorius enfrentará duas novas acusações por disparar armas de fogo em público. Ele é acusado de matar a tiros sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, confirmou nesta terça-feira a promotoria.

Os advogados de Pistorius pediram que não fossem incluídas estas novas acusações, e argumentaram que os atos aconteceram em Johanesburgo e, portanto, fora da jurisdição do Tribunal Superior de Pretória, que o julgará a partir de 3 de março pela morte de Reeva.

"Penso que é bom para o senhor Pistorius, porque será conveniente que todas as acusações contra ele sejam julgadas em um só tribunal", disse o porta-voz da promotoria, Nathi Mncube. Mncube acrescentou que a decisão para a promotoria também é positiva, já que poderá evitar chamar testemunhas em tribunais diferentes.

Oscar Pistorius no Tribunal do Magistrado em PretóriaEfe


Assim, Pistorius deverá responder, além da acusação de assassinato, outras duas por disparar uma arma de fogo de maneira "imprudente e negligente", informou a rádio Eyewitness News. Pistorius teria disparado uma arma de dentro de seu veículo enquanto viajava com uma antiga namorada em Johanesburgo, e voltou a apertar o gatilho, desta vez acidentalmente, da pistola de um amigo em um restaurante.

A modelo Reeva Steenkamp, que tinha 29 anos, foi encontrada morta com vários tiros no corpo em 14 de fevereiro na casa que Pistorius tem em Pretória. O promotor acusa o atleta de ter premeditado o assassinato da namorada.

Já o corredor confessa ter disparado a arma, mas alega que atingiu Reeva acidentalmente ao pensar que alguém havia invadido a casa e se escondido no banheiro. Pistorius conseguiu ainda em fevereiro liberdade condicional depois de uma fiança de 78 mil euros. A última vez que esteve no tribunal foi em agosto, quando foi fixada a data do julgamento.

Primeiro atleta olímpico e paralímpico da história, Pistorius é conhecido popularmente como "Blade Runner" ("Corredor lâmina"), em referência ao filme de Ridley Scott, por causa das próteses de carbono em forma de lâmina com que compete.

Você pode gostar