Por helio.almeida

Estados Unidos - O jornalista do jornal americano "The Miami Herald", Jim Wyss, chegou neste domingo ao aeroporto Internacional de Miami procedente de Caracas em um voo da American Airlines, após permanecer detido na Venezuela cerca de 48 horas.

O jornalista produzia na Venezuela uma reportagem para o Miami Herald sobre a escassez de produtos básicos no país, além de um material sobre as próximas eleições municipais. Ele foi preso após solicitar uma entrevista com militares.

Na chegada, o correspondente em chefe do jornal para a região andina foi recebido com abraços e beijos por sua namorada, a atriz colombiana Ana Soler, membros do comitê executivo do periódico para o qual trabalha e alguns jornalistas, tal como informou "The Miami Herald".

Wyss, que foi entregue a funcionários da Embaixada dos Estados Unidos na Venezuela no sábado, agradeceu ao periódico e a todos os que colaboraram para agilizar sua libertação, incluindo as autoridades venezuelanas.

Após o incidente, o repórter ressaltou que sente um profundo respeito pela Venezuela e sua gente, e espera poder continuar informando sobre o país.

Você pode gostar