Ang Lee pede para não ser rotulado durante evento em Taiwan

Diretor afirmou que não gosta que o público tenha ideias fixas sobre ele, pois "nem ele sabe como classificar a si mesmo"

Por O Dia

Taipé (Taiwan) - O diretor taiuanês Ang Lee, ganhador de vários prêmios Oscar com filmes como "O Segredo de Brokeback Mountain" e "As Aventuras de Pi", pediu ao público de seu país para não classificá-lo, já que, segundo ele, suas obras não procuram expressar pensamentos ou contar histórias, mas "provocar algo no coração do público". "Não me agrada que o público tenha ideias fixas sobre mim, talvez porque nem eu sei como classificaria a mim mesmo", declarou o diretor após a exibição de um de seus filmes durante um encontro em Taipé.

De acordo com o diretor taiuanês, quem diz que "é preciso ser fiel ao casamento, mas não aos filmes", ele chega a "fugir" de seus filmes depois de pronto. "Existem tantos temas por aí que voltar a falar sobre o mesmo seria como fazer turismo sempre na mesma cidade", acrescentou Lee. O diretor também aconselhou os atores a esquecerem de si mesmos ao realizar um trabalho e se centrarem somente em provocar reações no público.

Ang Lee está em Taipé como presidente do júri do Festival Cavalo de Ouro de Taiwan, considerado como os prêmios Oscar para os filmes em chinês e que terá seus vencedores anunciados no dia 23 de novembro.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência