Francisco faz duro ataque à corrupção no mundo

Papa diz que alguns pecadores merecem ser amarrados a uma pedra e atirados ao mar

Por O Dia

Itália - O Papa Francisco mandou recado duro aos corruptos. Em um dos sermões mais fortes desde que foi eleito, o Santo Padre citou uma passagem da Bíblia na qual diz que alguns pecadores merecem ser amarrados a uma pedra e atirados ao mar, em uma referência clara à corrupção. Francisco fez as declarações na segunda-feira durante missa na Casa de Santa Marta, onde escolheu morar depois de rejeitar o luxuoso Palácio Apostólico.

Sermão do Papa acontece em meio a escândalo financeiro no VaticanoReuters

O Pontífice argentino criticou cristãos que levam uma vida dupla por dar dinheiro à Igreja, enquanto roubam do Estado. Segundo ele, são pecadores que merecem ser punidos. Citando o Evangelho de São Lucas, no Novo Testamento, ele afirmou: “Jesus diz: ‘Seria melhor para ele se colocasse uma pedra ao pescoço e fosse atirado ao mar’”.

O Papa descreveu os envolvidas em corrupção como tumbas, “bonitos por fora, mas por dentro cheios de ossos de mortos e de putrefação”. “Uma vida com base na corrupção é putrefação envernizada”, disse. O sermão não fez alusão direta à corrupção dentro da Igreja Católica, mas vem num momento em que Francisco luta para acabar com irregularidades financeiras no Banco do Vaticano.

Foi a segunda vez em poucos dias que ele atacou os males da corrupção. Na sexta-feira, ele usou palavras fortes para criticar católicos que usam dinheiro sujo para regar os seus filhos com presentes e mandá-los a escolas caras.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência