Por helio.almeida
Filipinas - Um prefeito de uma cidade das Filipinas, suas esposa e mais duas pessoas morreram nesta sexta-feira após serem baleados no Aeroporto Internacional Ninoy Aquino (Naia), em Manila, informou a imprensa local.
Agentes fazem perícia no aroportoReuters

Além disso, quatro pessoas ficaram feridas. O diretor-geral da Autoridade de Aviação Internacional de Manila (MIAA), José Angel Honrado, confirmou que Ukol Tulumpa, prefeito de Labangan, na província de Zamboanga do Sul, no sul do país, morreu baleado por um grupo de homens armados na terminal 3 do aeroporto.

Segundo o jornal "The Star", Tulumpa sofreu uma emboscada quando saía do terminal de desembarque ao lado de sua família. Um grupo de homens armados, vestidos com uniformes da polícia, aproximou-se e disparou contra o prefeito. Em seguida, fugiram em uma motocicleta.
A polícia chegou a levar o prefeito a um hospital. Um bebê de 18 meses está entre as vítimas do ataque.

O prefeito de Labangan já foi vítima de uma emboscada em Manila, em 2010, quando ainda era secretário da prefeitura de Labangan. A polícia acredita que um grupo político rival é o responsável pela ação.
Publicidade