Mulher é demitida após fazer comentário polêmico sobre Aids

'Indo para a África. Tomara que eu não pegue Aids. Brincadeira, sou branca!', escreveu Justine Sacco no Twitter. Após repercussão, ela se disse 'muito envergonhada'

Por O Dia

Estados Unidos - Após polêmico e preconceituoso comentário no Twitter sobre Aids, a diretora de comunicação da empresa IAC foi demitida. "Indo para a África. Tomara que eu não pegue Aids. Brincadeira, sou branca!", escreveu Justine Sacco em sua página da rede social.

Justine Secco foi demitida de empresa onde trabalhava Reprodução Internet


Neste domingo, Justine se disse muito arrependida do comentário. "Eu estou muito envergonhada pelo comentário que fiz. Foi um dos meus maiores erros", postou ela em seu perfil no Facebook. "Eu, sinceramente, não acredito que pessoas brancas estão imunes à Aids. E também não acredito que foram os africanos que espalharam a doença", acrescentou.

A empresa que controla sites de relacionamentos como Tinder e BlackPeopleMeet.com, além do Vimeo e do Dictionary.com comunicou que a funcionária foi demitida nesta sábado. "Não há desculpa para aquelas demonstrações de ódio, e nós as condenamos. Esperamos, no entanto, que o tempo e o espírito humano possam perdoá-la, e que tudo isso não resulte em uma condenação de uma pessoa que, em outras circunstâncias, foi decente no fundo." Antes do desligamente, no entanto, a IAC já havia se manifestado acerca do comentário de Justine. "Escandaloso e ofensivo", classificou a empresa. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência