Por helio.almeida
Papa FranciscoEfe

Vaticano - O papa Francisco pediu neste domingo a instituições e autoridades que façam o possível para que "todas as famílias possam ter uma casa", em mensagem após a oração do Ângelus na Praça de São Pedro.

"Nestes dias do Natal, convido a todas as pessoas, entidades sociais e autoridades a fazer todo o possível para que todas as famílias possam ter uma casa", disse o papa argentino improvisando sua mensagem.

Após a homilia, o papa fez referência a um cartaz que algumas pessoas que haviam ido à Praça de São Pedro exibiam e no qual se lia "Os pobres não podem esperar".

"Isso me faz pensar que Jesus nasceu em um estábulo, não em uma casa. Depois precisou fugir, ir para o Egito para se salvar, mas no final voltou a sua casa de Nazaré", lembrou o papa. E acrescentou: "Por isso, penso em tantas famílias sem casa. Porque não a tiveram ou porque a perderam por tantos motivos. Família e casa são palavras que vão juntas e é muito difícil levar adiante uma família sem ter uma casa".

O papa também mencionou um grupo de manifestantes que hoje foi a São Pedro e pediu que "defendam seus direitos sem violência". Era o movimento dos "forconi" (ancinhos, ferramentas dos agricultores), formado por pessoas desabrigadas pela crise econômica, e que nos últimos dias protagonizaram manifestações contra o governo em toda Itália e que às vezes terminaram em tumulto.

O papa Francisco concluiu a celebração do Ângelus dominical desejando a todos um "Natal de esperança e irmandade".

Você pode gostar