Morrem 11 pessoas, entre elas um alto oficial, em ataques no Iraque

30 pessoas ficaram feridas em diferentes ataques terroristas em Bagdá, neste domingo

Por O Dia

Bagdá - Um oficial de alta patente do exército iraquiano e mais dez pessoas morreram, além de outras 30 terem ficado feridas em diferentes ataques neste domingo no Iraque, disse à agência Efe uma fonte da polícia.

Um terrorista suicida, que conduzia um carro carregado com explosivos, atacou um posto de controle em Mossul, no norte de Bagdá, onde estava o comandante do regimento da Terceira Brigada do Exército iraquiano.

No ataque, morreu o oficial e outros três soldados, e dez ficaram feridos, entre eles quatro civis.Também em Mossul, uma bomba explodiu na área de Karaj e causou a morte de uma criança e ferimentos em outras três, contou a mesma fonte.

Dois membros da milícia sunita pró-governo Conselhos de Salvação morreram e outros cinco ficaram feridos em um ataque contra um posto de controle na aldeia de Hamid Shaaban, ao oeste de Bagdá.

Um comandante da milícia saiu ileso de um atentado com carro-bomba em Beiji, ao norte de Bagdá, embora outros três tenham ficado feridos. Os Conselhos de Salvação foram formados pelas tropas americanas no Iraque para ajudar as autoridades iraquianas a lutar contra Al Qaeda e atualmente recebem salários do governo.

Um civil morreu e outros seis ficaram feridos pela explosão de uma bomba no bairro residencial Al Jihad, ao sudoeste de Bagdá. Outra pessoa morreu e três ficaram feridas na explosão uma bomba perto de uma loja de ferramentas elétricas em Al Kadadia, ao norte
de Baquba.

Ao nordeste desta cidade, capital da província oriental de Diyala, as Forças de Segurança iraquianas mataram dois milicianos pertencentes à organização terrorista Al Qaeda, em um bombardeio em Hamrin.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência