Explosão de carro-bomba em Beirute deixa quatro mortos

65 pessoas ficaram feridas no bairro de Haret Hareik, no sul de Beirute

Por O Dia

Beirute - Pelo menos quatro pessoas morreram e outras 65 ficaram feridas nesta quinta-feira pela explosão de um carro-bomba no bairro de Haret Hareik, no sul de Beirute, informou o ministro de Saúde, Ali Hassan Khalil.

Khalil pediu a todos os hospitais que recebam as vítimas do atentado e à população que doe sangue nos centros de saúde, segundo a Agência Nacional de Notícias (ANN). A explosão aconteceu por volta das 16h15 local (12h15, emBrasília) e ocorreu perto do restaurante "Jawad", na rua Arid, de acordo com a versão da ANN.

No entanto, as redes de televisão dizem que o carro-bomba estava na antiga sede da televisão "Al-Manar", porta-voz do grupo xiita libanês Hezbollah, que tinha sido destruída por Israel na guerra de 2006. "As mãos terroristas não fazem diferença entre os libaneses, só buscam desestabilizar o Líbano e planificam que haja conflitos entre nós", disse após o atentado o primeiro-ministro em fim de mandato, Najib Mikati.

Carro-bomba explode em BeiruteEfe

No dia 27 de dezembro, outro carro-bomba provocou em Beirute a morte de sete pessoas, entre eles o ex-ministro libanês de Finanças Mohammed Chatar, e deixou 65 feridas. O ex-primeiro-ministro Saad Hariri e a coalizão pró-ocidental das Forças de 14 de Março acusaram o Hezbollah de estar por trás do atentado, embora este tenha negado seu envolvimento. A segurança se deteriorou no Líbano desde o início da crise síria, em março de 2011, com um aumento dos enfrentamentos sectários, os assassinatos e os sequestros.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência