Marinha da Itália resgata 233 imigrantes ilegais em barco no sul de Lampedusa

Desembarques por mar na Itália, com procedência da África, mais do que triplicaram em 2013

Por O Dia

Itália - A Marinha italiana resgatou nesta 233 imigrantes, em sua maioria africanos, de uma embarcação de 10 metros nas águas do Mediterrâneo, ao sul da Sicília, um sinal de que a crise migratória que deixou centenas de mortos em naufrágios em 2013 não arrefeceu.

Os migrantes estavam sendo levados nesta quinta para um porto perto de Siracusa, na Sicília, disse a Marinha em comunicado.

Havia a bordo homens e mulheres provenientes da Eritrea, Nigéria, Somália, Zâmbia e Mali, bem como do Paquistão, segundo a Marinha.

Os desembarques por mar na Itália, com procedência da África, mais do que triplicaram em 2013, incrementados por refugiados da guerra civil na Síria e de conflitos políticos na região do Chifre da África.

Em outubro, 366 eritreus morreram afogados em um naufrágio perto da costa da ilha italiana de Lampedusa.

Imigrantes ilegais são resgatados na ItáliaReuters


Últimas de _legado_Mundo e Ciência