Por fernanda.magalhaes

Jerusalém (Israel) - O estado de saúde do ex-primeiro-ministro israelense Ariel Sharon, em coma desde 2006, piorou muito nas últimas horas e a sua morte está próxima, afirmou nesta quinta-feira o hospital em que o político está internado.

Sharon, de 85 anos, sobrevive com ajuda de aparelhos e está fora da cena pública desde que sofreu um derrame há oito anos. Seus órgãos vitais começaram a falhar há uma semana no Centro Médico Sheba, perto de Tel Aviv.

Estado de saúde de Sharon%2C em coma desde 2006%2C piorouReuters

Um dos generais mais famosos de Israel, Sharon deixou sua marca na região por meio de invasão militar, a construção de assentamentos judaicos em terras ocupadas e uma decisão chocante e unilateral de retirar tropas e colonos israelenses da Faixa de Gaza em 2005.


Você pode gostar