Manifestações durante Jogos de Inverno só serão permitidas a 20 km de Sochi

Preocupação é para que protestos não interfiram nas competições

Por O Dia

Moscou (Rússia) - As autoridades russas anunciaram nesta sexta-feira que permitirão a realização de manifestações políticas durante os Jogos Olímpicos de Inverno deste ano, sediados em Sochi, apenas no distrito de Khosta, a 20 quilômetros do balneário do MarNegro.

"No meu ponto de vista, é um lugar bastante cômodo para a realização de qualquer tipo de ato político", afirmou o vice-primeiro-ministro russo, Dmitri Kozak, citado pelas agências de notícias locais.

"Os Jogos Olímpicos são um acontecimento apolítico. Não é um evento para realizar protestos e defender posições políticas. As forças de segurança foram instruídas para garantir a ordem caso aconteçam essas manifestações", acrescentou Kozak.

Khosta é um distrito de 20 mil habitantes no município de Sochi e fica entre a sede olímpica e a cidade de Adler.

Recentemente, o presidente russo, Vladimir Putin, assinou um decreto que libera a realização de manifestações e comícios apenas com a autorização da Prefeitura de Sochi, do Ministério do Interior e do Serviço Federal de Segurança (FSB, antigo KGB). Além disso, encarregou as forças de segurança de encontrarem um lugar para que esses atos sejam feitos sem influenciar nas competições.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência