Por fernanda.magalhaes

Buenos Aires (Argentina) - Pelo menos três pessoas morreram e 15 ficaram feridas nesta quinta-feira no balneário argentino de Villa Gesell, situado na província de Buenos Aires, pela queda de um raio.

Os mortos são dois homens e uma mulher, enquanto entre os feridos há dois em estado grave que foram transferidos ao hospital local, informaram porta-vozes do Ministério de Segurança da província de Buenos Aires.

As primeiras versões sobre o fato indicaram que o raio caiu na praia, em um setor de barracas, onde os turistas tinham se refugiado perante a iminente chegada de uma tempestade elétrica.

O prefeito de Villa Gesell, localizada a cerca de 300 quilômetros da capital argentina, Jorge Rodríguez Erneta, considerou o fato "uma desgraça" e detalhou que o raio caiu após uma tempestade torrencial.

Por sua parte, o dono do balneário, Osvaldo García, explicou que viu "uma bola de fogo e escutou um barulho tremendo" e que um dos falecidos morreu "carbonizado em um quadriciclo", enquanto outro "estava jogando futebol" quando aconteceu a tragédia.

Não é a primeira vez que a atividade elétrica atmosférica mata e fere no litoral argentino.

Em janeiro de 2012, uma mulher morreu após receber o impacto de um raio enquanto se encontrava na praia sulina de Puerto Madry junto com seu marido.

Além disso, há 14 anos, duas meninas também morreram por causa de raios na cidade de Mar del Plata, quando estavam na água durante uma tempestade elétrica.

Você pode gostar