Austrália: 300 incêndios arrasam o sul do país em meio a onda de calor

Relâmpagos que caíram na noite desta terça causaram mais de 250 focos de incêndio

Por O Dia

Austrália - Os bombeiros australianos lutam nesta quarta-feira para apagar cerca de 300 incêndios florestais em meio a uma onda de calor com temperaturas de mais de 40 graus que afeta a zona meridional do país.

A Autoridade Rural de Bombeiros do estado de Victoria, no sudeste do país, informou que os relâmpagos que caíram na noite desta terça causaram mais de 250 focos de incêndio e se prevê que uma tempestade que deve cair hoje agrave a situação, segundo a emissora ABC.

Bombeiros tentam conter incêndios no sul da AustráliaEfe

A temperatura em Victoria chegou a mais de 40 graus, pelo segundo dia consecutivo, enquanto na capital do estado da Austrália do Sul, Adelaide, superou os 42 graus.

O maior dos incêndios em Victoria aconteceu no Parque Nacional de Wyperfeld, na região de Malle, onde já foram queimados 6.500 hectares de terreno.

Os bombeiros, que também lutam contra as chamas em Kangaroo Ground, ao nordeste de Melbourne, proibiram acender fogueiras ou grelhas para assar carnes até sexta-feira como medida preventiva.

Os bombeiros descartam, apesar das condições atuais, que se repita a tragédia de 2009, quando 173 pessoas morreram e 2 mil casas foram incendiadas.

"Não digo que não haverá incêndios, mas o fogo não causará danos", disse o comissário do Serviço de Bombeiros, Craig Lapsley em declarações citadas pela agência local AAP.

A onda de calor que castigou Melbourne, a capital de Victoria, com temperaturas de 43 graus, afetou o desenvolvimento do Aberto da Austrália de tênis, onde um concorrente desmaiou e outro vomitou, enquanto um gandula teve que ser ajudado.

O tenista escocês Andy Murray, campeão de Wimbeldon em 2013, expressou sua preocupação com o bem-estar dos jogadores ao lembrar que em outros esportes alguns atletas sofreram ataques cardíacos.

No estado da Austrália do Sul, há dois grandes incêndios e as previsões apontam que as temperaturas subirão, segundo a emissora Sky News.

Os incêndios em Perth Hills, no estado da Austrália Ocidental, já deixaram um morto e destruíram mais de 50 casas.

O ano de 2013 foi, segundo os registros, o mais caloroso da Austrália, país onde a temperatura média aumentou 0,9 graus centígrados desde 1910, de acordo com um relatório da Comissão de Mudança Climática do Governo australiano divulgado no ano passado.

Incêndio na Austrália. Previsões apontam que temperaturas subirãoReuters


Últimas de _legado_Mundo e Ciência