Brasileiro é preso na Austrália após atropelar e matar três

Homem dirigia sob efeito de drogas e acima do limite de velocidade permitido

Por O Dia

Austrália - Um brasileiro, de 27 anos, foi preso na Austrália depois de provocar um acidente de trânsito que deixou três mortos e três feridos, segundo a polícia do estado de Victoria. O acidente aconteceu no domingo na Dandenong Road, em Oakleigh, subúrbio de Melbourne. Nei Lima da Costa está sendo julgado apenas três dias após o ocorrido. Nesta terça-feira, ele teve pedido de fiança negado por uma corte australiana.

Ele responde por condução culposa, negligência responsável por causar ferimentos graves e conduta imprudente por ter colocado vidas em risco.

Costa dirigia sob efeito de metanfetamina e dirigia acima do limite de velocidade permitido. Ele teria avançado um sinal vermelho, atropelado pedestres e batido em outro carro. Um pedestre e um casal morreram e outras três pessoas ficaram feridas.

Acidente provocado pelo brasileiro na AustráliaReprodução TV

Depois de atropelar e matar Anthony Parsons, de 45 anos, ele bateu no carro em que estavam o casal Sawas e Ismini Menelaou, que também morreu. O filho deles e seus tios que estavam no carro ainda estão no hospital.

Em audiência nesta terça-feira, o brasileiro admitiu que consumiu metanfetamina antes do acidente e traços da droga foram encontrados no corpo dele. Quando atingiu Parsons, ele estava a 120 km/h, informou a polícia.

Ainda de acordo com a polícia, em abril do ano passado, ele teve que comparecer à Justiça por dirigir quase 50 km/h acima do limite permitido em uma via de Melbourne.

Uma nova audiência sobre o caso deve ser realizada em março.

Costa é casado com uma australiana com quem tem uma filha de 2 meses. Eles moram em Melbourne.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência