Por tamara.coimbra
Coreia do Sul - Uma sul-coreana de 65 anos vai ao hospital com intenção de descobrir o motivo das fortes dores nas juntas. Após uma radiografia, ela surpeendeu os médicos que verificaram centenas de agulhas de acupuntura inseridas na pele.
Segundo o "New England Journal of Medicine", a mulher teria procurado tratamentos alternativos para dores que sentia no joelho. De acordo com a sul-coreana, a pessoa contratada para o serviço afirmou que deixaria as agulhas na pele para que estimulação no local afetado fosse contínua.
Publicidade
A paciente relatou ainda que o homem afirmou que as agulhas eram de ouro, e que elas seriam deixadas intencionalmente, algo que os especialistas apontam como perigoso para a saúde.
Os médicos disseram que não podem realizar exame de ressonância magnética na paciente, pois as agulhas poderiam se mover e danificar sua artérias.
Radiografia mostra as agulhas inseridas na pele da sul-coreanaDivulgação


Publicidade