Por fernanda.magalhaes
Paquistão - Pelo menos sete pessoas morreram, entre elas duas crianças, e 55 ficaram feridas em um atentando com bomba realizado nesta quinta-feira no interior de uma mesquita em Peshawar, no noroeste do Paquistão, informou o canal de televisão local "Geo".
A explosão aconteceu no início da oração da tarde, quando alguns devotos "ainda entravam" no centro religioso, afirmou um dos feridos.
Publicidade
As vítimas foram levadas ao hospital mais próximo, onde o diretor da unidade assegurou que tinham sido internados 55 feridos, muitos deles em estado grave.
A Polícia e os artífices isolaram a área do atentado, perante a possibilidade que pudessem acontecer mais explosões.
Várias pessoas transportam um ferido no atentado no interior de uma mesquita no PaquistãoEFE

Peshawar é a capital da violenta província de Khyber Pakhtunkhwa, na fronteira com o Afeganistão e refúgio de células talibãs, grupos jihadistas e organizações mafiosas que operam em ambos os lados da divisa com o país vizinho.

Publicidade
A cidade é palco de boa parte dos atos violentos que são registrados no país asiático e é considerado um dos núcleos da atividade armada no Paquistão.
Segundo um relatório recente do Instituto do Paquistão para Estudos de Paz (PIPS), as mortes por terrorismo no país aumentaram no ano passado em 19% em relação ao ano anterior, ao totalizar 2.451, rompendo a tendência de baixa iniciada em 2010.
Publicidade