Duplo atentado na fronteira da Síria com a Turquia deixa pelo menos 16 mortos

Dois carros-bomba explodiram. Há feridos em estado grave

Por O Dia

Líbano - Pelo menos 16 pessoas morreram nesta segunda-feira pela explosão de dois carros-bomba no posto fronteiriço de Bab al Haua, entre a província síria de Idlib e a Turquia, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre os mortos há seis combatentes de facções islamitas, segundo a fonte, que também disse que a explosão deixou vários feridos, alguns deles em estado grave.

A parte síria da fronteira está sob controle da Frente Islâmica, principal aliança opositora islamita da Síria, depois que expulsou o Exército Livre Sírio (ELS) de suas bases na zona, em dezembro.

Esta ação fez com que os EUA e o Reino Unido anunciassem a suspensão parcial da ajuda que proporcionavam ao ELS, embora pouco depois ambas as organizações armadas sírias asseguraram que tinham resolvido suas diferenças.

Nas últimas semanas, foram registrados dezenas de atentados perpetrados com carros-bomba nas províncias do norte da Síria, que desde 3 de janeiro são palco de combates entre rebeldes islamitas e jihadistas.

A Frente Islâmica, junto ao ELS e o Exército dos Mujahedins, lançou uma ofensiva contra o grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante, vinculado à Al Qaeda, ao qual acusam de assassinatos e sequestros.

Um dos dirigentes do Estado Islâmico advertiu no começo deste mês que havia centenas de jihadistas preparados para cometer atentados com carros-bomba na província de Idlib.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência