Por fernanda.magalhaes

Áustria - As regiões alpinas do sul e do oeste da Áustria continuam nesta segunda-feira com sérios problemas pelas massas de neve e de gelo nas estradas, assim como a vizinha Eslovênia, informam nesta segunda-feira os jornais locais.

Nas regiões austríacas de Tirol, Caríntia e Estíria as autoridades locais fizeram nesta segunda-feira uma advertência aos moradores sobre o gelo, informa a rádio pública "ORF".

Devido à perigosa situação, tanto para veículos como para pedestres, se recomenda à cidadania sair de suas casas só no caso de necessidade absoluta.

A chuva, seguida por temperaturas abaixo de zero, congelou várias estradas e da Áustria e causou vários acidentes de trânsito, também nas redondezas de Viena, onde neva menos, mas há muito gelo.

Pedestres andam em estrada coberta de neve em Lienz%2C ÁustriaEFE

Várias estações de esqui do sudoeste da Áustria ficaram incomunicáveis nesta segunda-feira pelas massas de neve, o que coincide com o início das férias de inverno na parte leste da Áustria, na Hungria e no sul da Alemanha.

Enquanto isso, no Tirol, as autoridades elevaram o perigo de avalanches ao nível 3 devido às massas de neve que caíram nos últimos meses nessa região.

Na vizinha Eslovênia, a situação também continua dramática, com cerca de 250 mil pessoas, mais de 10% da população total, sem eletricidade desde este domingo.

Áustria enviou ao país vizinho vários geradores de emergência para atenuar os efeitos do corte massivo de luz.

Pela neve e pelo gelo nas estradas, a agência do Meio Ambiente da Eslovênia (ARSO) declarou neste domingo o estado de alerta máximo.

Dois terços das escolas no país, assim como a maioria dos jardins-de-infância e muitas outras instituições, estão fechadas devido a bloqueios de trânsito, da neve alta e o perigo das árvores que caem.


Você pode gostar