Por tamara.coimbra

Estados Unidos - Quatro suspeitos de ligação com as drogas encontradas no apartamento do ator Philip Seymour Hoffman foram presas na noite de terça-feira, de acordo com autoridades citadas pela CNN, pelo "New York Times" e outros órgãos de imprensa dos EUA. As prisões de três homens e uma mulher ocorreram em Manhattan, na Rua Mott, 302.

Na ocasião, a polícia apreendeu 350 papelotes de heroína em três apartamentos, segundo as autoridades. A corporação de Nova York ainda não confirmou oficialmente as prisões.

Investigadores encontram remédio contra vício na casa do ator

Além de 50 pacotes de heroína, a polícia encontrou remédios para tratamento contra vício, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e ansiedade no apartamento em que Philip Seymor Hoffman morreu, informou na terça-feira o site TMZ. O ator, de 46 anos, foi encontrado morto no domingo em sua residência, vítima de uma possível overdose.

Segundo o portal de celebridades, autoridades acharam no local methocarbamol (relaxante muscular), hiroxizina (contra ansiedade), Vyvanse (para TDAH), buprenorfina (para tratar dependência química) e cloridrato de clonidina (para pressão arterial). Não há informações se Hoffman tinha receita para qualquer um desses medicamentos.

Philip Seymor Hoffman ganhou Oscar por atuação em "Capote" em 2005EFE


Você pode gostar