Francisco pede por 'eterno descanso' de mortos em incêndio em Buenos Aires

Nove pessoas das equipes de emergência morreram tentando apagar incêndio em depósito nesta quarta-feira. Presidente argentina decretou dois dias de luto nacional

Por O Dia

Argentina - O Papa Francisco pediu nesta quinta-feira pelo "eterno descanso" das nove pessoas mortas ontem quando tentavam apagar um incêndio em um depósito em Buenos Aires e se solidarizou com os familiares, companheiros e amigos das vítimas.

"Queria transmitir a todos minha proximidade e dizer que sinto muito unido aos que sofrem e estão abatidos por tão lamentável fato", disse Francisco por meio de uma carta divulgada nesta quinta-feira pela Agência Informativa Católica Argentina.

Papa Francisco se solidarizou através de carta com os familiares e amigos das vítimas do incêndioEFE

O pontífice se manifestou "profundamente triste" pela tragédia e acrescentou que pede a Deus "que conceda consolo e força aos afetados por tão trágica desgraça e inspire a todos sentimentos de solidariedade fraterna, que ajudem a enfrentar esta adversidade da melhor forma possível".

O governo argentino declarou dois dias de luto nacional pelo falecimento de sete bombeiros e dois membros das equipes de resgate nesta quarta-feira, durante o combate a um incêndio em um depósito situado no bairro de Barracos.

As mortes ocorreram quando uma das paredes do edifício desabou sobre as equipes de emergência.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência