Inundações na Bolívia matam 38 e há previsão de mais chuvas

Norte do país é a região mais atingida. 39, 7 mil famílias estão desabrigadas

Por O Dia

Bolívia - Chuvas torrenciais e inundações na Bolívia mataram 38 pessoas e deixaram muitos desabrigados, afirmou o governo nesta quinta-feira, enquanto meteorologistas previram chuvas mais fortes no norte do país, região que provavelmente será a mais atingida.

O Ministério da Defesa disse que tinha levado ajuda alimentar e que o Exército estava removendo as famílias das regiões mais afetadas, como o departamento de Beni, tradicional Estado pecuarista na região amazônica boliviana, a nordeste da capital, La Paz.

Cerca de 100.000 cabeças de gado estão ameaçadas e 6.000 hectares de plantações foram destruídos, cerca de 0,2 por cento do total da Bolívia, disse o governo.

Mais de 40.000 famílias foram afetadas pelas fortes chuvas sazonais desde outubro, cinco vezes mais do que no ano passado, sendo o centro e o norte as regiões mais atingidas.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência