Tratamento de alto nível e gratuito para depressão

USP aceita inscrições para projeto que vai atender pacientes de todo o Brasil, pela internet, por um ano. Objetivo é comprovar eficácia das consultas online

Por O Dia

Rio - Pessoas com depressão poderão receber tratamento gratuito, com profissionais de ponta e sem sair de casa. Projeto do Instituto de Psiquiatria (IPq) da Universidade de São Paulo (USP) prevê atendimento online, via Skype. O acompanhamento é voltado para adultos com a doença e dura um ano.

O serviço faz parte da tese de doutorado da psicóloga suíça Ines Hungerbuehler. Ela explica que o objetivo é verificar a eficácia do atendimento à distância, comparado com o padrão. Para isso, os pacientes serão divididos em dois grupos. Um deles receberá o tratamento ‘convencional’, de forma presencial, no IPq, em São Paulo. O outro será por meio do Skype. Os dois métodos serão mensais, com até 30 minutos por sessão e duração de um ano. Os mesmos profissionais —são sete no total— atenderão os dois grupos.

“Se a eficácia for comprovada, o principal benefício é a ampliação do atendimento de alta qualidade para todo o país. A telepsiquiatria poderá ser implementada em grandes hospitais”, conta, acrescentando que o método é capaz de economizar tempo e dinheiro.

SELEÇÃO DE PARTICIPANTES

Segundo ela, poderão ser selecionadas pessoas entre 18 e 55 anos, com quadro leve e estável de depressão, que disponham de internet banda larga em casa. O paciente precisa ter disponibilidade para viajar a São Paulo. “O foco do trabalho é a evolução clínica do paciente. Escolhemos o Skype por ser o programa mais popular e de fácil acesso”, explica.

A pesquisa começou em maio de 2012 e já foram feitos 275 atendimentos. O doutorado será concluído em 2015. Ines ressalta que alguns pacientes relataram maior conforto em conversar com o profissional pela internet. Além disso, até o momento, o estudo não evidenciou diferença entre o tratamento online e o presencial. Informações e inscrições para triagem devem ser feitas pelo email: agendamento.ipq@gmail.com.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência