Janeiro de 2014 foi o quarto mês mais quente no mundo desde 1880

Temperaturas foram mais altas do que o normal em quase todas as regiões. No entanto, partes da Ásia, Europa e Estados Unidos enfrentaram um dos invernos mais frios

Por O Dia

Estados Unidos - Janeiro de 2014 foi o quarto mês mais quente da História, levando-se em conta que a medição começou a ser feita em 1880, de acordo com informações divulgadas Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (Noaa).A temperatura média global, que combina a média da superfície da Terra com a do oceano, foi de 12,7 graus Celsius, cerca de 0,65 graus Celsius acima da média do séc. XX.

No Brasil, o calor bateu recordes em São Paulo, Porto Alegre e Rio. As tempertauras foram mais altas do que o normal em quase todas as regiões do mundo, em especial na América do Sul, África, Oceania e algumas partes da Europa e da Ásia.

Em contrapartida, regiões da Ásia e da Europa e grande parte dos Estados Unidos tiveram um dos invernos mais rigorosos dos últimos tempos. O pesquisador do Centro de Pesquisa Nacional do Clima dos EUA, Deke Arndt, afirmou que mesmo se falando tanto de aquecimento global, a tendência é que picos de frio sejam cada vez mais constantes.

Se janeiro de 2014 foi o mês mais frio desde 1994 em grande parte dos Estados Unidos, a média de temperatura no Alaska foi 15 vezes mais alta do que o normal, passando de 1,1 graus Celsius para 16,4 graus Celsius. Em todo o Hemisfério Norte, a temperatura ficou 1,17 graus Celsius mais quente do que a média do séc.XX.

Desde maio de 2013, janeiro foi o nono mês a entrar na estatística dos dez meses mais quentes desde 1880. No sudeste do Brasil e centro-sul da África houve recorde de calor, com temperaturas de 0,5 a 1,5 graus Celsius mais quentes, contribuindo para o recorde de aumento de temperatura do Hemisfério Sul, de 1,13 graus Celsius acima da média.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência