Dengue quando não tratada pode levar a morte

Doença causada pelo mosquito Aedes aegypti possui duas formas: clássica e hemorrágica

Por O Dia

Dengue é uma doença infecciosa aguda causada por um vírus que possui quatro sorotipos - DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4. A doença é séria e deve ser tratada imediatamente. Normalmente as pessoas confundem os sintomas da doença com o de uma simples gripe. No entanto, a dengue pode ter sintomas muito mais agressivos.

Mas você sabe qual a diferença da dengue clássica para a hemorrágica? No tipo clássico, a febre alta costuma ser o primeiro sinal. Ela vem junto com fortes dores de cabeça, atrás dos olhos, musculares e nas juntas, prostração, vermelhidão no corpo e coceira. Já nas crianças, a febre alta é acompanhada por apatia, sonolência, falta de apetite, vômitos e

diarreia. No entanto na hemorrágica os primeiros sintomas são iguais ao tipo clássico, mas após três dias, o paciente pode ter sangramentos pelo nariz e boca, além de dores abdominais, vômitos, sonolência e dificuldade respiratória.

Segundo o Ministério da Saúde, mesmo a forma clássica da doença é séria, pois "caso a pessoa seja portadora de alguma doença crônica, como problemas cardíacos, deve tomar cuidados especiais". Ainda segundo o órgão, o quadro cínico da dengue é dinâmico. "Isto significa que a dengue clássica pode evoluir rapidamente para a forma grave (febre hemorrágica da dengue). Ao apresentar qualquer sintoma, procure a unidade de saúde mais próxima", alerta.

As estatísticas apontam que a chance de morte no caso da primeira manifestação da doença é muito pequena. Na segunda ou na dengue hemorrágica a taxa é de aproximadamente 3%.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência