Por fernanda.magalhaes

Índia - Guardas florestais e a polícia armada com dardos tranquilizantes procuram por um leopardo que deixou seis feridos na cidade de Meerut, Índia, causando pânico e mantendo as pessoas dentro de casa.

De acordo com o superintendente da polícia Abhiskek Singh, o animal andou por um hospital e mercado lotado da cidade, dando início a uma correria que deixou dois feridos.

Autoridades ordenaram que escolas e universidades fossem fechadas nesta segunda-feira e pediu às pessoas para ficar em suas casas. Lojistas fecharam suas portas e as ruas da cidade ficaram vazias. Soldados também se uniram à caça. Singh disse que o leopardo foi visto pela primeira vez no hospital do Exército na tarde deste domingo.

“Nós isolamos toda a área e esperamos. Ele surgiu algumas horas depois e pulou, ferindo um inspetor da polícia”, disse o superintendente. Depois, o animal saltou sobre os telhados de algumas casas e desapareceu.

Um leopardo pula nas pessoas em uma estrutura em fase de construção de uma área residencial de Meeruth%2C na Índia Reuters

Desde então, oficiais de grupos da guarda florestal, usando capacetes e carregando armas com tranquilizantes, além de voluntários armados com pedaços de pau, têm procurado pelo felino por uma ampla área ao redor do hospital.

Em um determinado momento, oficiais encurralaram o leopardo em um armazém, mas ele saltou em uma grelha de concreto, quebrou-a e conseguiu escapar. “É um macho crescido…um animal com força enorme, que tem causado pânico entre os moradores”, disse Singh.

“Estamos com medo de sair de casa. Há muito pânico e medo”, afirmou Pooja Mahajan, uma dona de casa, nesta terça-feira. “Mas ninguém viu o leopardo desde ontem, então hoje as coisas voltaram ao normal.”

Singh disse que escolas e universidades reabriram nesta terça-feira. “Grupos da guarda florestal estiveram em alerta, mas é como se o animal tivesse fugido para uma floresta próxima”, disse.


Você pode gostar