Por tamara.coimbra

Síria - Combatentes islâmicos foram mortos em uma emboscada do Exército na área de Ghouta, nos arredores da capital Damasco, informou a Sana, agência de notícias estatal da Síria, nesta quarta-feira. De acordo com relatório, os rebeldes pertencentes à Frente Nusra, ligada a Al-Qaeda. A emissora de TV libanesa Al Manar disse que o ataque ocorreu perto da cidade de Otaiba e que o número de mortos passa de 170. O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, grupo que monitora a violência no país, disse que ao menos 70 morreram.

Conflito interno

Duas semanas de confrontos deixaram mais de mil mortos entre militantes ligados à Al-Qaeda e seus rivais rebeldes, disse um grupo de monitoramento nesta quarta-feira, de longe o mais sangrento conflito interno desde o início da revolta. O conflito de quase três anos deixou mais de 100 mil mortos, enquanto estimados 2 milhões fugiram do país e 6,5 milhões estão desalojados internamente.

Você pode gostar