Por fernanda.magalhaes

Itália - O Papa Francisco, cardeais, bispos e outras autoridades da Santa Sé vão fazer o retiro espiritual da Quaresma, de uma semana, fora do Vaticano pela primeira vez desde que se tem memória, disse o Vaticano nesta quinta-feira.

O retiro para orações vai ocorrer na relativamente simples sede de uma instituição religiosa na cidade de Ariccia, a cerca de 25 km do Vaticano.

Essa é a mais recente iniciativa do papa para dar mais simplicidade à vida no Vaticano. Ele já havia aberto mão dos tradicionais aposentos papais e da limusine.

Francisco, o primeiro Papa jesuíta, está seguindo a tradição da sua ordem religiosa de ter retiros espirituais longe do local de trabalho para inspirar a contemplação das pessoas.

O retiro deste ano vai ocorrer entre 9 e 14 de março. Durante o período, o Papa não tem audiências. Ele e os outros participantes vão ouvir sermões de um diretor espiritual.

Papa Francisco na Praça São Pedro durante a Oração do Angelus Efe


Você pode gostar