Por julia.sorella

Bruxelas - As Forças Armadas da Ucrânia vão agir se a intervenção militar russa avançar mais sobre o território ucraniano, disse o primeiro-ministro, Arseny Yatseniuk, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

"Em caso de futura intensificação e intervenção militar no território ucraniano por forças estrangeiras, o governo ucraniano e os militares ucranianos vão agir de acordo com a Constituição e as leis", disse Yatseniuk em Bruxelas. "Estamos prontos para proteger nosso país."

Arseniy Yatseniuk, primeiro-ministro da UcrâniaEfe

A forças ucranianas não responderam até agora à tomada da península da Crimeia pelos russos, mas isso pode mudar se a intervenção russa aumentar, acrescentou.

Yatseniuk, que viajou a Bruxelas para discutir a crise com os líderes de 28 países da União Europeia, disse que as conversas com os líderes da UE são apenas sobre meios políticos e pacíficos para resolver o conflito.

Você pode gostar