Por julia.sorella

Londres - O piano de mais de 100 anos em que Paul McCartney compôs "Yesterday" (1965), foi vendido nesta quinta-feira por 57,57 mil libras, aproximadamente R$ 219 mil, em um leilão de memorabilia e discos de vinil do quarteto britânico.

O Bechstein Concert Grand piano, de 1907, foi a estrela entre mais de 200 lotes do leilão "Beatles Collection", realizado em Liverpool e organizado pela casa Ômega. Nos anos 60 o piano estava em um dos estúdios usados pelos Beatles na filmagem de "Help!", e foi utilizado por John Lennon e Paul McCartney para compor a trilha sonora do longa-metragem.

Paul McCartneyReprodução Internet

O diretor americano dos dois primeiros filmes da banda, Richard Lester, contou, explicou a casa Ômega, que "após rodar "Help!", Paul passou muito tempo neste piano para compor e retocar "Yesterday", música que inicialmente se chamaria "Scrambled Eggs" (ovos mexidos). Lester deu um ultimato ao músico britânico para terminar a canção ao ver o tempo que investia ao piano na composição e finalmente, quando a apresentou, McCartney agradeceu por ter deixado o instrumento.

Também foram protagonistas do leilão duas jaquetas usadas por Ringo Starr e por George Harrison no filme "Help!". As peças foram vendidas por 52 mil libras (R$ 200 mil) a de Ringo, e 46 mil libras (R$ 176 mil) a de Harrison, valores sem comissão divulgados pela casa de leilões.

Os músicos usaram as jaquetas durante os cinco dias de filmagem nos Alpes austríacos, e também aparecem com elas na capa do álbum "Help". Na fita, uma seita hindu persegue a banda de Londres até as Bahamas para sacrificar Ringo, porque em anel vermelho há uma pedra da organização, o que significa para eles a morte do portador. O leilão comemora o 50º aniversário do lançamento de "Can't BuyMe Love", um dos singles de maior sucesso dos Beatles, lançado em 20 de março de 1964 e chegou ao topo das paradas nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Você pode gostar