Por clarissa.sardenberg
Donald Schultz faz exibição com cobrasReprodução Internet

Estados Unidos - O ex-apresentador do Animal Planet, Donald Schultz, foi condenado em um tribunal nos EUA após admitir que tentou vender dois lagartos iranianos, espécie em extinção, sem autorização. Ele terá que cumprir dois anos de liberdade condicional e 200 horas de serviço comunitário, além de pagar uma multa de US$ 9 mil (cerca de R$ 21 mil). 

O caso aconteceu em 2010 quando o apresentador sul-africano tentou vender por US$ 2,5 mil (cerca de R$ 5.810,50)dois lagartos raros para um agente federal disfarçado.

Schultz declarou ter violado a Lei de Espécies Ameaçadas de Extinção e entrou em acordo judicial em novembro do ano passado.

O programa "Wild Recon", apresentado por Schultz, foi cancelado pela emissora. O sul-africano era conhecido por se aventurar com animais perigosos e ir para lugares remotos. Durante outro programa, chegou a ficar confinado em uma estrutura com mais de cem cobras, em frente a um cassino de Las Vegas.

Você pode gostar