Deputados nacionalistas trocam agressões com comunistas na Ucrânia

Briga começou quando o líder do Partido Comunista defendia a federalização da Ucrânia e a mudança da língua oficial do país para o idioma russo

Por O Dia

Kiev - Vários deputados do partido nacionalista Svoboda (liberdade) trocaram tapas nesta terça-feira com legisladores comunistas no plenário da Rada Suprema (Parlamento) da Ucrânia, o que fez com que fosse decretado recesso na sessão plenária.

A briga começou quando dois deputados nacionalistas partiram para cima do líder do Partido Comunista da Ucrânia, Pyotr Simonenko, quando este falava na tribuna e defendia a federalização do país e a concessão do status de língua oficial ao idioma russo.

Deputados se agridem durante sessão plenária, em Kiev%2C nesta terça-feiraReuters

Os nacionalistas expulsaram Simonenko da tribuna aos empurrões, e os outros deputados do grupo parlamentar comunista saíram em defesa de seu colega. O caos foi generalizado e os comunistas foram os que mais apanharam, já que são na maioria idosos. Os comunistas abandonaram a sala em protesto pela agressão contra seu líder.

Após um breve recesso, a Rada retomou sua sessão para analisar um projeto de lei que endurece a responsabilidade penal por separatismo e outros crimes contra o Estado.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência