Por tabata.uchoa

Chile - Um incêndio de grandes proporções na cidade de Valparaíso, no Chile, deixou pelo menos 11 mortos e destruiu 500 casas. Cerca de dez mil pessoas tiveram que sair de suas residências e foram levadas para escolas e abrigos de emergência. No sábado, a presidenta Michelle Bachelet decretou estado de emergência na região. Ela chegou à cidade na manhã de ontem e afirmou que o incêndio pode ter sido o pior da história de Valparaíso. A cidade portuária fica a cerca de cem quilômetros da capital chilena, Santiago.

Fumaça de incêndio de grandes proporções em Valparaíso%3A pelo menos 500 casas foram atingidas%2C e aulas foram suspensas hojeCesar Pincheira / Reuters

O problema começou no sábado, com um incêndio florestal na região de La Pólvora. No entanto, o vento fez com que o fogo se propagasse para as regiões povoadas das colinas La Cruz, El vergel e Mariposas. Várias cidades dos arredores de Valparaíso estão se mobilizando para enviar ajuda às vítimas do incêndio. A equipe do Instituto Médico-Legal da cidade foi reforçada para identificar mais rápido as vítimas do incêndio. “Vamos trabalhar 24 horas para identificar os corpos”, afirmou o ministro da Justiça do Chile, José Antonio Gómez. Veterinários também estão se voluntariando para atender animais feridos e queimados.

Diante da catástrofe, o ministro do Interior, Rodrigo Peñailillo, anunciou que as vítimas do incêndio receberão um bônus do governo para comprar artigos de primeira necessidade. Várias áreas afetadas pelo fogo ficaram sem energia nem abastecimento de água. Até a noite de ontem, cerca de 1.200 bombeiros e centenas de brigadistas tentavam apagar os últimos focos do grande incêndio, que devastou aproximadamente 800 hectares.

A secretária de Educação de Valparaíso, Javiera Serrano, informou que as aulas serão suspensas hoje. A suspensão não abrange o nível universitário. A secretária informou que duas escolas foram danificadas pelo incêndio, mas outras três estão sendo usadas como abrigos pelas famílias que tiveram que deixar suas casas. A Secretaria de Educação vai acompanhar a repercussão dos danos do incêndio para decidir se a suspensão das aulas vai continuar durante o resto da semana.

Terremoto atinge Norte do Chile

Um tremor de 5,2 graus de magnitude na escala Richter atingiu o Norte do Chile ontem. As regiões de Tarapacá e Antofagasta foram as mais afetadas. O epicentro foi no mar, a cerca de 1.860 km da capital, Santiago, segundo o Centro Sismológico da Universidad de Chile. Não houve risco de tsunami.

As mesmas regiões foram afetadas por terremoto de maior magnitude no dia 1º de abril. Aquele tremor chegou a 8,2 graus e também alcançou as regiões de Arica e Parinacota. O abalo deixou seis mortos e mais de dez mil imóveis destruídos, gerando tsunami moderado nas regiões atingidas, levando à evacuação de 972 mil pessoas em localidades litorâneas do Chile. O tremor foi seguido por centenas de réplicas, dezenas delas de mais de 4,5 graus de magnitude.

Você pode gostar