Por thiago.antunes

Rio - Um estudo da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, observou que mulheres que consumiram dois ou mais refrigerantes diet por dia tiveram um risco 30% maior de sofrer enfarte, e 50% maior de morrer de doença cardiovascular, comparadas às que que não tinham hábito.

Foram acompanhadas por 8 anos um total de 59.614 mulheres com uma idade média de 62 anos e sem histórico de doenças cardíacas. Ao final do período foi observado que 8,5% das que tomavam bebidas dietéticas enfartaram ou morreram de doenças cardíacas, contra 6,8% das que não bebiam.

Autores da pesquisa alegam, porém, que precisam de mais informações para confirmar a relação entre as bebidas e tais ocorrências.

Você pode gostar