Mahmud Abbas ameaça dissolver Autoridade Palestina

Se conversas de paz com Israel fracassarem, ele poderá desmantelar a instituição, designando ao Estado judeu a responsabilidade pelos 2,5 milhões de habitantes da Cisjordânia

Por O Dia

Israel - O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmud Abbas, alertou nesta terça-feira que se as conversas de paz com Israel fracassarem ele poderá desmantelar a instituição, designando ao Estado judeu a responsabilidade pelos 2,5 milhões de habitantes da Cisjordânia.

Abbas disse que as políticas israelenses deixaram o governo da região sem poder e afirmou que se Israel continuar este caminho “deve vir e liderar a Autoridade”.

A declaração foi feita às vésperas do prazo final para um acordo de paz definido pelo secretário de Estado norte-americano, John Kerry, que se encerra na próxima terça-feira, após um período de nove meses.

As conversas sobre um possível acordo estão estagnadas e nenhuma das partes demonstra disposição de avançar em temas relevantes.

Abbas afirmou que as conversas podem seguir mesmo depois do prazo final, mas ressaltou que a retomada do diálogo dependerá de Israel interromper a construção de assentamentos judaicos em terras reivindicadas pelos palestinos.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência