Explosão em mina deixa 4 mortos e mais de 65 intoxicados na Colômbia

Acidente também deixou aproximadamente 25 mineiros feridos gravemente em Buriticá

Por O Dia

Bogotá - Quatro mineiros morreram e pelo menos 65 ficaram intoxicados por inalação de gases após uma explosão em uma mina de ouro no município de Buriticá, no departamento de Antioquia, noroeste da Colômbia. O diretor do Departamento Administrativo de Prevenção de Desastres (Dapard), César Hernández, disse no Twitter que a operação de resgate, que começou na noite de sexta-feira, concluiu na madrugada deste sábado e confirmou as quatro mortes.

Segundo Hernández, 65 pessoas foram atendidas em hospitais da região e 16 foram transferidas a centros médicos dos municípios de Santa Fé e Giraldo. Já o prefeito de Buriticá, Carlos Mario Varela Ramírez, disse à imprensa local que as pessoas atendidas em hospitais e por organismos de socorro que atenderam a emergência ocorrida ontem chegaram a 95, a maioria por inalar gases tóxicos.

O Dapard tinha informado também ontem que pelo menos 25 mineiros tinham ficado feridos na explosão no interior de uma mina do setor de San Antonio, na região de Los Asientos, do município de Buriticá. A emergência foi registrada dentro da concessão a cargo da multinacional mineradora Continental Gold, mas cujos terrenos foram invadidos para a exploração ilegal, segundo o prefeito Varela.

Segundo a página eletrônica da companhia, o Projeto Buriticá é 100% próprio e compreende uma área acumulada de 59.095 hectares. Buriticá é uma cidade com cerca de 7.500 habitantes e é conhecida como "a Montanha de Ouro" pela quantidade de minas nas quais se explora esse metal.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência