Por daniela.lima

Estados Unidos - O número de norte-americanos que pediram o benefício do auxílio-desemprego subiu inesperadamente na semana passada, mas a tendência continua apontando para uma melhora nas condições do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais aumentaram em 14 mil para 344 mil na semana encerrada em 26 de abril, informou o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos nesta quinta-feira. Este é o maior nível desde fevereiro.

O dado da semana encerrada em 19 de abril foi revisado para mostrar que foram feitos mais 1 mil pedidos do que o informado anteriormente. Economistas previam que os pedidos pelo benefício cairiam para 319 mil na semana passada.

Os pedidos são voláteis neste período do ano devido a feriados como Páscoa e recesso escolar, que tornam mais difícil os ajustes de flutuação sazonal. Um analista do Departamento de Trabalho dos EUA disse que não há fatores especiais influenciando o nível do dado.

Você pode gostar