Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - O circo americano Ringling Brothers and Barnum and Bailey Circus retomou suas atividades na noite desta quinta-feira, na cidade de Hartford, nos EUA. Esta foi a primeira apresentação do grupo desde o acidente que feriu oito acrobatas, sendo três brasileiras, no último domingo. O espetáculo não contou com o número "candelabro humano" representado pelas acrobatas.

Apresentador Johnathan Lee agradeceu carinho do público com acrobatas hospitalizadasDivulgação/Feld Entertainment

Antes do espetáculo começar, o apresentador Johnathan Lee Iverson fez um breve discurso à audiência no qual agradeceu o apoio pela recuperação das acrobatas.

Entre as oito internadas, a norte-americana Samantha Pitard e a brasileira Widny Neves já receberam alta.

Por medidas preventivas, a empresa trocou todos os ganchos "mosquetão" que sustentam estruturas presas por cabos de aço.

No acidente, o gancho que segurava as oito bailarinas se rompeu em três partes.

Segundo o porta-voz do Ringling Brothers, Stephen Payne, inspetores de saúde e segurança ainda não conseguiram determinar o que teria provocado a quebra do fecho, já que a estrutura é feita para suportar 4.500 kg, peso oito vezes maior do que o da apresentação, de 680 kg.


Catarinense Widny (E) teve ferimentos leves e já recebeu alta. Stefany e Dayana (D) seguem internadasReprodução Internet


Você pode gostar