Por clarissa.sardenberg

Rússia - O presidente russo, Vladimir Putin, chegou nesta sexta-feira a Sebastopol, porto situado na península da Crimeia, para festejar o Dia da Vitória sobre a Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial. Esta é a primeira viagem de Putin ao território antes ucraniano e que foi anexado pela Rússia no dia 21 de março, ato condenado por Kiev e pelo Ocidente.

Putin presidirá a parada militar na baía da cidade, base da Frota russa do Mar Negro, depositará um ramo de flores no monumento aos heróis da defesa da cidade e se reunirá com os veteranos da guerra.

Sebastopol comemora nesta sexta-feira o Dia da Vitória, mas também o 70º aniversário desde a libertação da cidade das tropas hitlerianas.

A primeira visita do chefe do Kremlin à Crimeia, que revelou seu desejo de ingressar na Federação Russa após um plebiscito separatista no dia 16 de março, não foi anunciada oficialmente, embora alguns meios de imprensa tenham informado sobre essa possibilidade.

Putin viajou para Crimeia após presidir o tradicional desfile militar na Praça Vermelha, por cujo pavimento de pedras desfilaram milhares de soldados e armamento pesado, como os mísseis intercontinentais Topol, a arma mais temível do arsenal nuclear russo.

Enquanto isso, por motivos de segurança, Kiev reduziu as comemorações pela ocasião do 69º aniversário do Dia da Vitória, o que foi muito criticado pela imprensa russa, embora o presidente interino, Alexander Turchinov, tenha felicitado os veteranos em mensagem oficial.

Você pode gostar