Por leonardo.rocha

Turquia - Pelo menos 157 pessoas morreram nesta terça-feira após uma explosão em uma mina de carvão no extremo oesteda Turquia, informou o prefeito da cidade de Manisa, Cengiz Ergun,em entrevista à emissora "CNN Türk". Aproximadamente 300 ficaram feridas após o acidente.

"Recebemos a informação das equipes de resgate que estão dentro da mina. Havia 580 mineiros no momento da explosão, 75 foram resgatados feridos e, por enquanto, foram tirados 157 corpos. Temo que esse número suba", declarou o prefeito.

Equipes de resgate na entrada da mina após explosão que causou incêndio em uma mina de carvão em Soma%2C oeste da TurquiaReprodução


Segundo Atci, uma unidade de distribuição de energia explodiu deixando entre 200 e 300 trabalhadores presos no local. A emissora televisiva NTV disse que o acidente ocorreu a cerca de 2 km de profundidade no interior da mina.

O ministro da Energia, Taner Yildiz, disse que um número maior de mineiros havia morrido, mas se recusou a informar com exatidão ou confirmar relatório que fala em 20 mineiros mortos por inalação de fumaça ou queimaduras.

"É um acidente grave", disse Yildiz aos repórteres antes de seguir para Soma e supervisionar a operação de resgate. "Nossa prioridade é chegar a nossos irmãos mineiros. Qualquer informação agora pode estar errada.”

Yildiz explicou que socorristas estavam bombeando ar fresco para dentro da mina e equipes de resgate de regiões vizinhas foram correndo para a área afetada. Os jornalistas estavam sendo mantidos longe do local, mas uma testemunha disse à NTV que ambulâncias foram vistas entrando e saindo da área.

Acidentes em minas são comuns na Turquia, que é criticada por suas pobres condições de segurança. O pior desastre de mineração no país até hoje foi a explosão de gás que matou 270 trabalhadores perto do porto do Mar Negro de Zonguldak, em 1992.

Você pode gostar