Por bferreira

Rio - Se você vai viajar pelo país para assistir aos jogos da Copa do Mundo, fique alerta. Estudo feito pelo Instituto Catalão de Ciências do Clima, de Barcelona (Espanha), indicou alto risco de epidemia de dengue no mês de junho em três cidades-sede do evento no Nordeste: Fortaleza, Natal e Recife. O Rio está no grupo dos municípios com perigo moderado.

Os cientistas criaram um sistema de advertência preventiva para a dengue, com base em índices de chuva e de temperatura nas 12 cidades-sede da Copa. Eles analisaram dinâmicas de transmissão da doença e mapearam variáveis sociais e ambientais.

>>> INFOGRÁFICO: Onde os torcedores devem ficar em alerta

Apesar de o resultado geral ser de risco baixo, a situação das cidades nordestinas é diferente, já que há mais chuvas entre março e julho. Segundo Edimilson Migowski, doutor em Infectologia da UFRJ, o acúmulo de água contribui mais do que o calor para a procriação do mosquito Aedes aegypti. A água parada é indispensável para o inseto colocar os ovos. “O calor acelera a maturação do ovo, fazendo com que vire inseto em menos tempo, mas temperaturas mais baixas não impedem que ele se desenvolva”, diz.

O sistema de advertência consegue prever com até três meses de antecedência a probabilidade de epidemia. De acordo com a cientista Rachel Lowe, uma das responsáveis pela pesquisa, a capacidade de fornecer alertas é de “valor inestimável” para reduzir ou conter epidemias. “Dá tempo às autoridades para combater populações de mosquitos nas cidades com chance maior de surto”, analisa.

Campinas, em São Paulo, que hospedará as seleções de Portugal e Nigéria, não foi mencionada na pesquisa, mas enfrenta este ano a pior epidemia de sua história.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, minimizou: “Estamos em plena redução dos casos de dengue em todos os lugares. Não há nenhuma sede e nenhuma cidade do Brasil que esteja vendo um incremento no número de casos. Em todas elas a taxa já caiu nas últimas três semanas ou um mês. Estamos com muita tranquilidade”, afirmou.

Você pode gostar