Estudantes fazem vigília em local onde atirador matou seis

Autor do ataque era filho de diretor de Hollywood e se matou após a tragédia

Por tabata.uchoa

Estados Unidos - Cerca de cinco mil pessoas se reuniram no campus da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara (UCSB) para uma vigília, na noite de sábado, em homenagem às vítimas de um ataque ocorrido na sexta-feira, quando Elliot Rodger, de 22 anos, filho de um diretor de Hollywood, matou seis pessoas antes de suicidar-se.

De acordo com versões confirmadas pelo advogado da família Rodger, Alan Shifman, o jovem sofria da Síndrome de Asperger, tendo dificuldade de se relacionar. A família tinha solicitado há pouco tempo a visita de assistentes sociais para avaliar o estado de Elliot e os especialistas não encontraram nada em particular, declarando que ele “se expressava muito bem e era muito educado”. As autoridades não viram nenhum motivo para internar Elliot, filho de Peter Rodger, um dos assistentes de direção do filme ‘Jogos Vorazes’.

Centenas de pessoas fizeram vigília em frente à Universidade da Califórnia em Santa Bárbara%2C um dos locais por onde o atirador fez vítimas na noite da última sexta-feiraEFE / EPA / Michael Nelson

Horas antes de abrir fogo nas ruas, Elliot postou um vídeo no YouTube com o título ‘O Dia da Retribuição’, no qual anunciava sua vingança contra as mulheres e a humanidade por não ter sido valorizado.

Antes de iniciar o tiroteio na cidade universitária de Isla Vista, em Santa Bárbara, Elliot Rodger esfaqueou três colegas no apartamento onde vivia. Ele foi apontado pelas autoridades policiais como o autor dos disparos e como uma das sete pessoas que morreram no ataque ocorrido na pequena cidade.

Após os ataques em seu apartamento, Rodger se dirigiu em sua BMW preta à sede de uma fraternidade estudantil, onde bateu à porta ruidosa e agressivamente, sem que lhe atendessem. Rodger, então, disparou contra três jovens que se estavam na rua, matando Katherine Cooper, de 22 anos, e Veronika Weiss, de 19, ambas estudantes da UCSB.

Elliot Rodger%2C de 22 anos%2C postou no YouTube um vídeo onde dizia que iria se vingar da humanidadeDivulgação

Em seguida, o jovem voltou ao seu veículo e dirigiu até uma delicatessen, onde desceu e matou a tiros o jovem de 20 anos Christopher Michaels-Martínez, que também era aluno da UCSB. Ele disparou de seu carro múltiplas rajadas contra outros dois grupos de pessoas e trocou tiros com um policial.

Em sua rota, Rodger atropelou dois ciclistas e bateu contra outros carros estacionados na rua. Quando os oficiais se aproximaram do veículo, encontraram o jovem morto com um tiro na cabeça, aparentemente disparado por ele mesmo. No interior do automóvel, acharam três pistolas semiautomáticas compradas legalmente e 34 carregadores com munição.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência