Por clarissa.sardenberg

China - Um chinês acabou impedido de voltar da Coreia do Sul ao país com a mulher e o filho de 4 anos por causa da arte da criança no passaporte. Em um momento de descuido, o homem identificado apenas como Chen acabou deixando o filho desenhar em seu passaporte, segundo o jornal Metro.

Chinês é impedido de voar após filho desenhar em seu passaporte Reprodução Internet

Chen recebeu do filho mais cabelo e bigode e acabou ouvindo dos agentes no aeroporto que não poderia viajar porque o documento tinha sido invalidado pelos desenhos da criança. O pai divulgou a peripécia do filho em seu perfil na popular rede social chinesa Weibo.

Você pode gostar