Pelo menos 210 pessoas morrem na jornada eleitoral afegã, em Cabul

Foram 160 ataques no país só neste último sábado

Por O Dia

Cabul - Pelo menos 210 pessoas morreram, sendo 48 delas civis, no segundo turno das eleições presidenciais do Afeganistão. Outras 258 ficaram feridas, informou neste domingo à agência de notícias uma fonte oficial do país.

Os talibãs fizeram 160 ataques ao longo do país neste sábado, o que provocou a morte de 48 civis, 16 soldados e 146 insurgentes, disse o porta-voz do Ministério afegão de Defesa, Zahir Azimi. Além disso, ficaram feridos 88 civis, 75 soldados e 95 talibãs.

Segundo a fonte, as vítimas morreram por causa de disparos, bombas e foguetes, mas não especificou onde ocorreram os ataques. Além disso, os talibãs cortaram os dedos de 11 pessoas na província de Herat, de acordo com uma mensagem em Twitter do vice-ministro de Interior, Ayub Salangi.

O número de vítimas civis é muito superior ao primeiro turno do dia passado 5 de abril, período no qual morreram quatro civis e 12 policiais, enquanto 176 talibãs foram abatidos pelas forças de segurança.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência