Por julia.sorella

Reino Unido - A jovem Rebecca Gallagher, de 25 anos, achou uma mensagem secreta em um vestido recém-comprado em uma das maiores lojas de departamento do exterior, a Primark. Costurado a mão, o bilhete que estava preso na etiqueta dizia "Forçado a trabalhar horas exaustivas". Gallagher, que pagou 10 libras na peça, aproximadamente R$ 40 reais, disse que ficou surpresa ao achar o suposto pedido de socorro no vestido comprado em uma loja da marca no País de Gales.

"Eu fiquei pasma quando fui checar as instruções de lavagem na etiqueta e achei esse bilhete" disse a jovem. "Tenho medo de pensar que meu vestido de verão pode ter sido feito por um operário exausto que labuta por horas em algum lugar de trabalho precário no exterior" concluiu Gallagher.

Ao saber do ocorrido, uma outra jovem, Rebecca Williams, de 21 anos, disse que passou pelo mesmo susto, ao achar uma denúncia na etiqueta de uma blusa comprada na mesma loja do vestido de Gallagher. A mensagem dizia "Condições degradantes de trabalho".

Williams disse que na época entrou em contato com a loja mas nunca a responderam. "Eu costumava comprar muito na Primark, mas agora nem tanto. A etiquera me fez pensar sobre como essas roupas são feitas" contou ela.

Segundo o portal de notícias Daily Mail, um porta-voz da Primark disse que as mensagens nas etiquetas são muito "estranhas" e pediu para as duas consumidoras devolverem as peças para uma investigação. "Nós estamos investigando as origens dessas mensagens encontradas nas peças e se existem problemas que precisam ser analisados" disse o representante da marca.

Você pode gostar